Banner
   
Tamanho Texto

Busca

Portal da Prefeitura do Município de Londrina - Núcleo de Comunicação
Comitê Gestor da Micro e Pequena Empresa é empossado
Qui, 21 de Janeiro de 2010 02:29
Órgão é composto por 12 membros, sendo metade ligado a instituições públicas e a outra metade ao setor empresarial; tarefa é colocar o Estatuto Municipal da Micro e Pequena Empresa em prática


 
 
9207418add7228f53b16ac1c858cf57fO vice-prefeito de Londrina, José Joaquim Ribeiro, e o presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), Kentaro Takahara, deram posse hoje (dia 21), durante coletiva semanal, ao novo Comitê Gestor Municipal da Lei Geral das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte. O prefeito Barbosa Neto não participou da coletiva a imprensa semanal, porque estava acompanhando a agenda do governador Roberto Requião na cidade, que acontecia no mesmo horário. O Comitê é formado por doze membros, sendo estes divididos em seis representantes do setor público e seis de entidades particulares de apoio às micro e pequenas empresas. O órgão está previsto na Lei nº 10.778/2009, sancionada, em 6 de outubro de 2009, pelo prefeito Barbosa Neto. A Lei Geral Municipal da Micro e Pequena Empresa (MPE), como também é conhecida, traz diversos benefícios, como a isenção das taxas de abertura e dos três primeiros meses do Imposto Sobre Serviços (ISS), além de encargos, como os de localização e vigilância sanitária. Kentaro Takahara, que nomeou os membros do Comitê Gestor, destacou a importância das micro e pequenas empresas na economia. “Elas representam 97,5% do total das empresas brasileiras, além de responderem por 51% da força de trabalho e 38% da massa salarial’’, comentou. Segundo ele, o Comitê Gestor terá o papel de desburocratizar o processo, além de dar orientação tributária e incentivar o associativismo. ‘’Um exemplo disso é o incentivo que podemos prestar também à utilização de cooperativas de crédito’’, acrescentou. O diretor de Desenvolvimento e Tecnologia da Codel, Marcus Von Borstel, que faz parte do Comitê Gestor, informou que o grupo, já formado, vai verificar se todos os pontos da lei estão sendo cumpridos plenamente. “Também, iremos estudar medidas para colocar em prática todas as propostas que ainda não entraram em vigor’’, comentou. O vice-prefeito, José Joaquim Ribeiro, destacou a ação efetivada pela prefeitura na área. “Fomos ousados, quando inauguramos a lei, já que isentamos parte da área tributária do município’’, concluiu. Conselho
Segue a lista com os doze nomes que foram empossados na cerimônia do Comitê Gestor da Lei Geral das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte. Codel
Kentaro Takahara
Marcus Friedrich Von Borstel Secretaria Municipal da Fazenda
Neemias Nicolau da Silva
Edson Pereira Dourado Câmara Municipal de Londrina
Joel Garcia
Eloir Martins Valença Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL)
Marcelo Massayuki Cassa
Marcelo Bissato Cardoso Sebrae-PR
Heverson Feliciano
Cristovam Dias Júnior Sescap-PR
Jaime Júnior Silva Cardoso
Marcos Ferreira
(Londrina, 21 de janeiro de 2010)
 
Convênio entre Prefeitura e SETI garante R$ 800 mil para Londrina
Qui, 21 de Janeiro de 2010 02:05
Do total dos recursos, R$ 400 mil será destinado a modernização das bibliotecas municipais e o Museu de Artes; restante são para projetos da Secretaria de Agricultura


  9207418add7228f53b16ac1c858cf57fA Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, assinou hoje (dia 21), o convênio com a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), num valor total de R$ 800 mil. Metade do recurso é para a modernização das Bibliotecas municipais e o Museu de Artes e a outra metade para projetos da Secretaria Municipal de Agricultura.  A solenidade de assinatura foi realizada no saguão da Prefeitura, com a presença do prefeito Barbosa Neto; da Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Lygia Pupatto; do governador Roberto Requião; deputados federais  Alex Canziani e Marcelo  Almeida; o deputado estadual Luiz Eduardo Cheida, entre outras autoridades. Do total de recursos para a cultura, R$ 350 mil são destinados à informatização e readequação do mobiliário da Biblioteca Pública Municipal, Infantil, bibliotecas ramais, escolares e do professor. Com a modernização, a Secretaria de Cultura vai criar um sistema de busca, no qual será possível consultar os exemplares existentes em qualquer ramificação, além da biblioteca central. O secretário de Cultura, Leonardo Ramos, disse que o repasse às bibliotecas municipais foi o fato mais “importante dos últimos 20 anos, e este é o primeiro passo para a criação da rede pública, que deve ficar pronta até 2012”, informou. No que se refere ao museu, a verba é fundamental ao respeito da cidade com o seu patrimônio histórico e cultural. Os R$ 50 mil restantes serão revertidos à realização de um projeto arquitetônico e complementar para o Museu de Artes. Também será criado o projeto museológico, no qual torna a antiga rodoviária criada por Vilanova Artigas, oficialmente em um museu. O secretário da Cultura, Leonardo Ramos, explicou que, desde a desativação da rodoviária, há 16 anos, nunca houve um projeto como este, exceto de readequação. O prefeito Barbosa Neto comentou que a reforma do museu é importante para a história do Brasil e do povo londrinense, pois sua importância arquitetônica, criação de Vilanova Artigas, deve durar por toda a eternidade. Após criados os projetos, a prefeitura entrará com pedidos para novos recursos destinados à manutenção e criação de outros projetos em benefício daquele local. Inclusão social para pequenos agricultores A secretária do Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), Lygia Pupatto, anunciou que os outros R$ 400 mil serão destinados a diferentes projetos de inclusão social em favor de pequenos agricultores. A divisão acontecerá da seguinte forma: R$ 130 mil para a inclusão digital, R$ 142 mil para programas de agroecologia, visando aumentar a produção de produtos orgânicos e R$ 103 mil para inclusão social com assistência técnica para os agricultores. Lygia explicou que Londrina vai entrar nestes programas para se beneficiar do “Universidade sem fronteiras”, que já está presente em 200 municípios paranaenses, cujos 5.400 bolsistas criam ações tanto em cidades onde o Índice de Desenvolvimento Urbano (IDH) é baixo como nas periferias das grandes cidades. Na cidade, segundo a secretária, serão reforçados projetos que transfiram tecnologia para a agricultura. O prefeito Barbosa Neto agradeceu a secretária Lygia, em nome dos pequenos produtores rurais, pela inserção, através da inclusão digital e da agroecologia em Londrina, e disse estar muito feliz por Londrina receber tal destinação.
(Londrina, 21 de janeiro de 2010)  
 
Museu de Artes expõe acervo com mais de 400 obras
Qui, 21 de Janeiro de 2010 01:31
Museu segue até o dia 27 de fevereiro com a exposição do seu  acervo permanente; curadoria é da artista Nane Ferrari


   O Museu de Artes de Londrina está expondo as obras do seu acervo permanente. Composto por 400 obras, entre pinturas, esculturas, fotografias, gravuras, objetos e desenhos, o museu trás o novo recorte da curadoria da artista Nane Ferrari. Reunindo trabalhos modernos e contemporâneos de Londrina e outras localidades do país, a mostra tem como objetivo democratizar o conhecimento e permitir o acesso às artes para a sociedade londrinense. Nane Ferrari explicou que a seleção das obras para exposição foram selecionadas de forma que não repetisse nenhuma das anteriores. “Nós fizemos um recorte dentro do abstracionismo geométrico, expressionismo abstrato, além da exposição de gravuras”, completou. A mostra está expondo as obras dos seguintes artistas: Ivald Granatto, Mário Gruber; Eduardo Ventura; Yugo Mabe; Waldomiro de Deus; Poty Lazzarotto; Carybé; Aldemir Martins; Sérvulo Esmeraldo; Marinês Zanatta; Danúbio Gonçalves; Ubirajara Ribeiro; Darel Valença; Yutaka Toyota; Dolores Branco; José Gonçalves; Udhi Jozzolino; Regina Menezes; Emanuel Araújo; Kenji Fukuda; Waldomiro de Deus e Marinês Zanatta. A exposição se encerra no dia 27 de fevereiro. O Museu de Artes de Londrina fica na rua Sergipe, 640, esquina com a Rio de Janeiro, e funciona de 2ª a 6ª feira das 9h00 às 18h00 e no sábados das 8h00 às 13h00. Informações pelo telefone 3337-6238.
(Londrina, 21 de janeiro de 2010)
 
Aumento do teto do SUS pode sair na próxima semana
Qui, 21 de Janeiro de 2010 02:17
Além do aumento do teto financeiro do SUS, a renovação da frota de ambulâncias do Samu, foi outro  assunto discutido com entre a Prefeitura e o Ministério da Saúde


  O9207418add7228f53b16ac1c858cf57f secretário de Saúde de Londrina, Agajan Der Bedrossian, durante coletiva semanal, fez hoje (dia 21), um balanço sobre a viagem realizada a Brasília, onde pôde tratar de assuntos pertinentes à área de saúde com o governo federal. Dentre eles, está o aumento no repasse de recursos para o aumento do teto financeiro da categoria no município. O total solicitado ao Ministério da Saúde chega a R$ 78 milhões. “O contato que tivemos com o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, foi muito importante para o processo. Ele mostrou-se bastante preocupado com a situação vivenciada atualmente na cidade, adiantando também, que há possibilidade do governo federal investir mais recursos. Somente o valor que será encaminhado não foi definido’’, ressaltou o secretário. Agajan Der Bedrossian justificou o porquê do valor do repasse ainda não ter sido divulgado. “O orçamento federal ainda não foi aberto, sendo que esse caso deverá ser resolvido até o final deste mês. O Ministério da Saúde só poderá saber o que poderá disponibilizar, em termos de novos recursos para Londrina, depois que o orçamento for aberto. Porém, a situação está bem encaminhada’’, garantiu. Sobre a renovação da frota de ambulâncias do Samu, o secretário disse que o caso está bem encaminhado e finalizado. “Acreditamos que os novos veículos venham para o mês de março”, observou Agajan Der Bedrossian.
(Londrina, 21 de janeiro de 2010)
 
Kinoarte exibe “Onde a Terra Acaba” nesta sexta-feira
Qui, 21 de Janeiro de 2010 01:39
Filme é fruto de uma pesquisa de mais de dois anos sobre a vida e obra de Mário Peixoto; Trechos de diários e depoimentos de amigos do cineasta compõem o longa


   O Instituto de Cinema e Vídeo de Londrina (Kinoarte), patrocinado pela Prefeitura de Londrina por meio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic), realiza amanhã (dia 22) mais uma edição do projeto Kinoclube. O filme “Onde a Terra Acaba’’ (RJ, 2001, 75 min), de Sérgio Machado, é fruto de uma pesquisa de mais de dois anos sobre a vida e obra de Mário Peixoto, cineasta que lançou um único longa, Limite (1931). Trechos de diários, imagens raras e depoimentos de amigos ajudam a elucidar como, ainda tão jovem, Mário Peixoto realizou um dos marcos do cinema brasileiro. O painel se completa com cenas do making of realizado pela equipe de Limite e centenas de fotos de bastidores, além de entrevistas inéditas. “Onde a Terra Acaba” será exibido a partir das 20h30, no Espaço Orlando Vicentini, que fica na Vila Cultural Kinoarte (rua Paraíba, 331 – jardim Higienópolis). O Kinoclube integra o projeto Cine Mais Cultura, uma iniciativa do Ministério da Cultura, que contribui para a formação de platéias e o fomento de pensamento crítico. O objetivo é favorecer uma integração entre o público brasileiro com a produção audiovisual de seu país. Mais informações pelo telefone 3026-6932.
(Londrina, 21 de janeiro de 2010)
 
Obras tapou buracos próximo à avenida Brasília
Qui, 21 de Janeiro de 2010 01:20
O procedimento foi efetuado por uma equipe de operários da Secretaria de Obras; população pode solicitar o serviço pelo telefone 3341-1195


  O serviço de tapa-buracos da Secretaria Municipal de Obras trabalhou, nesta quarta-feira (dia 21), na recuperação da rua Amélia Riskallah Abib Tauil, próximo à avenida Brasília, devido aos transtornos causados pela chuva. Todos os operários municipais estiveram focados nesta operação em virtude do tamanho dos buracos na via.  A Secretaria informou que o excesso de água abriu uma vala no local, e os trabalhadores taparam rapidamente para evitar acidentes. Serviço O setor para a solicitação de cobertura de buracos é ligado à Diretoria de Pavimentação da Secretaria de Obras. O atendimento é feito pelo telefone (43) 3341-1195, das 7h às 13h.
(Londrina, 21 de janeiro de 2010)
 


Página 2355 de 2638

Acesso Fácil

Núcleo de Comunicação

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 4039 visitantes

Núcleo de Comunicação

Banner
Banner