Banner
   
Tamanho Texto

Busca

3ª Copa de Voleibol Vicente Rijo acontece neste final de semana

Share

Torneio reúne equipes femininas master e adulto de Londrina, Maringá, Arapongas, Cambira, Faxinal e Presidente Prudente, com apoio da FEL

 

O ginásio de esportes do Colégio Estadual Vicente Rijo recebe, neste sábado (9) e domingo (10), a 3ª Copa de Voleibol Vicente Rijo. O evento, que já atingiu o limite de vagas disponíveis, terá disputas com times master, ou seja, atletas com mais de 35 anos, e adultos, de idade livre. As partidas serão disputadas das 9 às 20 horas no sábado (9), pela categoria master, e no domingo (10), as equipes na categoria adulto irão jogar das 8 às 20 horas.

A 3ª Copa de Voleibol Vicente Rijo é organizada pela equipe Zip Vôlei Londrina, e conta com apoio da Fundação de Esportes de Londrina (FEL). Além disso, o projeto de voleibol feminino e masculino da APMF do Colégio Vicente Rijo, foi inscrito no programa de formação esportiva da juventude e selecionado para ser beneficiado pelo primeiro edital do Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (FEIPE) em 2019. O ginásio de esportes do Colégio Vicente Rijo fica na Avenida Juscelino Kubitscheck, 2.372. O evento é aberto para que a comunidade prestigie e torça pelas equipes.

Vão disputar a 3ª Copa de Voleibol Vicente Rijo equipes femininas de Londrina (Vicente Rijo Sub18, UEL, Zip Vôlei master e adulto, e Iate Clube Sub19), Maringá (Clube Olímpico, Caixa, Soul Volei e Hiper Volei), Arapongas, Cambira, Faxinal e Presidente Prudente. E a equipe Vicente Rijo Sub18, que joga no domingo (10), é quem representa Londrina em competições das categorias de base.

Segundo a organizadora do evento e atleta do Zip Vôlei, Nayara Munhoz, a 3ª Copa será um evento para reunir, principalmente, ex-atletas de voleibol, que ainda são apaixonadas pelo esporte. “Desde 12, 13 e 14 anos jogando vôlei na época da escola, cresceram nas equipes juvenis, depois adultos e agora querem manter a forma física e se divertirem no esporte. O voleibol é uma paixão, e as ex-atletas pedem que nós organizemos competições durante o ano para reencontros, matar a saudade e descontrair, disputando torneios regionais e interestaduais. Isso nos faz felizes, reanima para uma semana de trabalho e incentiva outras pessoas que, às vezes, já haviam parado e recomeçam, e também motiva as mais novas a entrarem na modalidade”, ressaltou.

Fora a torcida formada por familiares e amigos, a organização espera que cerca de 140 atletas participem das disputas. Ao coordenar e preparar o torneio, Nayara citou que busca proporcionar a todas as pessoas presentes uma competição de alto nível, com a qualidade e organização esperada. “Estas competições mexem com toda a família. Fazem os pais saírem de casa, assistirem os filhos, passearem, viajarem para outra cidade. Mexem com a rotina de muitas pessoas que, quando não estão em quadra, são torcedores. E quando estão fora do ginásio, mudam a rotina semanal. O voleibol é qualidade de vida e integração social como qualquer esporte, mas é especial por que movimenta a família inteira”, comentou.

 

Acesso Fácil

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 2205 visitantes

Núcleo de Comunicação

Banner
Banner