Banner
   
Tamanho Texto

Busca

Prefeitura realiza ação para pessoas em situação de rua na Concha Acústica

Share

Serão levados diversos serviços de saúde e cidadania, no dia 12 de março, das 9 às 12 horas

A Prefeitura de Londrina promove o evento “Londrina mais Cuidado”, no dia 12 de março, das 9 às 12 horas, na Concha Acústica. A ação visa atender a população em situação de rua, com ações de saúde e cidadania, levando diversos serviços de saúde, cultura, esporte, educação, entre outros, bem como conscientizar a comunidade local sobre a necessidade de cuidar do seu local de permanência.

A ação é coordenada pelo Comitê Intersetorial de Políticas para Pessoas em Situação de Rua, do qual fazem parte todas as secretarias e órgãos municipais, além do Ministério público e instituições civis.  A ideia é contemplar a Política Nacional para a População em Situação de Rua (PNPR) e o Decreto Municipal nº 1.385 de 2014, que institui a Política Municipal para a População em Situação de Rua em Londrina.

Segundo a coordenadora do Consultório da Rua, integrante do Comitê POP Rua, Jucelei Pascoal Boaretto, além de mostrar à população em situação de rua a importância de cuidar do seu local de permanência, a ação levará a oferta de serviços da rede municipal onde os moradores estão. “Muitos estão nesta situação devido à perda de vínculos familiares, transtornos mentais, uso de substâncias psicoativas, desemprego, entre outras condições. Por isso é importante que estas pessoas se sintam apoiadas e possam se reerguer”, disse.

A equipe da Secretaria Municipal de Saúde, por meio dos profissionais do Consultório na Rua, levará serviços como: aferição de pressão arterial; testes rápidos de doenças; coleta de escarro, para o diagnóstico de tuberculose; exame de Glicemia Capilar (HGT); exames de laboratório, entre outros.

A equipe também ministrará informações sobre os serviços ofertados nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Londrina. Os profissionais da Saúde Mental também vão participar, orientando a população sobre os serviços ofertados nos Centros de Atenção Psicossocial para Infância e Adolescência (CAPS) III e AD e fazer os encaminhamentos para estes locais, caso o usuário se disponibilize.

Todas as secretarias e órgãos municipais foram convidados a participar da ação, assim como membros do Ministério Público. A previsão é de que a Secretaria de Educação leve informações sobre cursos voltados à conclusão da formação escolar. Já a Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Renda deverá levar os cursos profissionalizantes disponíveis e ajudar a reinserir a população em situação de rua no mercado de trabalho.

A Secretaria Municipal de Cultura deverá levar informações e orientações sobre o uso do espaço da Biblioteca Pública Professor Pedro Viriato Parigot de Souza e da Secretaria. A Fundação de Esportes de Londrina (FEL) levará atividades esportivas e a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) dará orientações sobre o descarte do lixo. A Guarda Municipal também deve participar, levando o ônibus do Crack é Possível Vencer.

A diretora de Proteção Social Especial da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), Josiani Nogueira, informou que dados preliminares de um senso que está sendo desenvolvido pelo Ministério Público, SMAS e universidades, estima que em Londrina existam cerca de 900 pessoas em situação de rua. “Por isso a importância deste trabalho intersetorial, pois só com a promoção de um trabalho conjunto será possível dar meios de superação para este público”, ressaltou.

Acesso Fácil

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 1398 visitantes

Núcleo de Comunicação

Banner
Banner

Servidor Municipal


Redes Sociais

Logo do Facebook  Logo do Flickr  Logo do Youtube  Logo do Twitter  icon instagran

 

 

ouvidoria rodape lon

 acesso a informacao rodape

icon interacao