Banner
   
Tamanho Texto

Busca

Unidade Básica de Saúde da Warta passará por reforma

Share

UBS.warta.ordem.VP

UBS é a 11ª a ser recuperada em 2018, dentro do Programa de Reestruturação da Saúde Pública Municipal

UBS.warta.ordem.V2O prefeito Marcelo Belinati e o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, assinaram, na manhã desta quinta-feira (6), a ordem de serviço para dar início às obras de reforma e ampliação da Unidade Básica de Saúde (UBS) Gertrudes Stapassoli Herek, do Distrito da Warta. A solenidade aconteceu na sede da unidade, que é a 11ª a ser recuperada em 2018.

O local foi inaugurado em 1978, passou por reconstrução em 1996 e desde esta data não recebia melhorias. Com a assinatura da ordem de serviço, além da recuperação dos 241,38 metros quadrados de área construída, a UBS receberá intervenções de ampliação, na sala da Coordenação e dos Agentes Comunitários de Saúde, e na cobertura de carros oficiais.

Também serão feitas melhorias nos pisos interno e externo, calçada e acessos; recuperação dos ambientes existentes na UBS com pintura de paredes, revisão e recuperação das esquadrias metálicas, substituição de vidros; melhoria nas instalações hidráulicas, adequação dos rufos, calhas e telhado; adequações de acessibilidade e de sanitários; alteração do padrão de energia elétrica, bem como na comunicação visual e recuperação do abrigo de resíduos.

UBS.warta.ordem.V3O prefeito Marcelo Belinati destacou que esta é uma obra muito importante para o distrito, pois há 22 anos a UBS não passava por reforma ou manutenção e faz parte de um conjunto de ações que tem sido executado, no sentido de melhorar, cada vez mais, a qualidade de vida da população. O prefeito citou que, além da reforma da UBS, na Warta, a prefeitura reformou a capela mortuária da comunidade, está construindo uma escola e destinando um médico para atender em todos os dias da semana.

O secretário Machado ressaltou que a reestruturação da saúde pública, que está sendo implementada em Londrina, também acontece nos distritos, demonstrando o cuidado que o prefeito tem com a zona rural. “Neste momento está sendo contemplada a unidade da Warta, que não recebia melhorais há mais de 20 anos. É um distrito importante e, em breve, a população poderá contar  com uma UBS mais adequada e confortável”, disse. Ele enfatizou que em 2018 a área da saúde teve diversas conquistas e o ano vai terminar com, pelo menos, 12 unidades básicas em reforma. Ainda, segundo o secretário, em 2019 outras UBS vão receber as melhorias.

UBS.warta.ordem.V4Serão investidos na UBS da Warta, nas obras, R$ 241.106,56, provenientes de uma parceria entre a Prefeitura de Londrina e o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde do PR (SESA). A empresa responsável pela execução dos serviços, vencedora do processo licitatório, é a Construtora G8 Eireli. Ela terá o prazo de 150 dias para finalizar o trabalho, contados a partir da partir da assinatura da ordem de serviço. Durante a realização dos trabalhos, o atendimento ao público será realocado para a subprefeitura, na Avenida Londrina, 163.

Atualmente, a unidade atende aproximadamente 1.800 pessoas que moram no distrito. No local, são prestadas diversas assistências, como: serviços de enfermagem, odontologia, fisioterapia, clínica-médica, de vacinação, inalação, pré-natal e puerpério. A unidade também conta com uma equipe de Agentes Comunitários de Saúde (ACSs).

Durante a solenidade, o coordenador distrital, Regis Choucino, agradeceu a realização da obra no distrito, em nome de toda a comunidade, e disse que nos últimos 65 dias a Warta recebeu muitas melhorias. “Reforma da capela mortuária, execução da sinalização vertical e horizontal de todo o distrito, limpeza de todos os bueiros, além da construção da escola, que era um sonho antigo, e agora a recuperação da Unidade Básica de Saúde”, citou.

Avanços - Até agora, a prefeitura executou, somente em 2018, reforma em 11 UBSs, dentro do Programa de Reestruturação da Saúde Pública Municipal, comandado pelo prefeito Marcelo Belinati. Além da Warta, em 2018 receberam intervenções a UBS do Jardim do Sol (já entregue), Vila Casoni, Jardim Alvorada, Conjunto Habitacional Carnascialli, Centro Social Urbano (CSU), do Conjunto Habitacional Ernani Moura Lima, do Conjunto João Paz, do Jardim Piza, do distrito de Lerroville e do Jardim Maria Cecília.

Outra unidade, do Jardim Ideal, terá a sua ordem de serviço emitida ainda este ano. Em 2019, um segundo lote de 20 UBS terá início, pois o objetivo da Prefeitura é reformar as 54 unidades da cidade. Em 2017, já foram entregues as reformas das UBSs do Jardim Panissa/Maracanã e do Parque das Indústrias.
Além da recuperação, elas estão recebendo novo mobiliário e equipamentos. Também integram o Programa de Reestruturação a reforma do Pronto Atendimento Infantil (PAI) e da Maternidade Municipal, além da construção da nova sede do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e do Centro Especializado de Reabilitação (CER), para atender pessoas com deficiência.

Os recursos para estas obras já estão garantidos e advêm da Prefeitura, Governo do Estado e Governo Federal. Somente o governo do Paraná destinou aproximadamente R$ 11 milhões para recuperação das 54 UBSs de Londrina.

Também participaram da solenidade, o vice-prefeito, João Mendonça; os vereadores João Martins, Péricles Deliberador e Ailton Nantes; a coordenadora da UBS, Márcia Caroline de Melo, acompanhada de sua equipe; representando a construtora G8 Eireli, Rafael Lopes; o superintendente da Acesf, Leonilso Jaqueta; e a comunidade local.

 

Foto: Vivian Honorato

Acesso Fácil

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 3266 visitantes