Banner
   
Tamanho Texto

Busca

Feirão da Resistência oferece orgânicos e programação especial neste sábado (8)

Share

Atividades incluem apresentações musicais e circenses, rodas de capoeira e de samba; feira de orgânicos e produções artesanais vai das 9h às 17h

feirao.resistencia.DPSomando às comemorações pelos 84 anos do aniversário de Londrina, neste sábado (8), acontece mais uma edição do  Feirão da Resistência e da Reforma Agrária no Canto do Movimento dos Artistas de Rua de Londrina (Marl).  O evento será das 9h às 17h, é gratuito e aberto a toda a comunidade, na Avenida Duque de Caxias, 3.241.

Esta é a segunda edição do Feirão com apoio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic), já que a iniciativa foi uma das selecionadas pelo edital nº 002/2018 para o desenvolvimento de projetos independentes na área de cultura integrada e popular. Na data, o evento vai oferecer uma programação especial que inclui apresentações musicais e circenses, rodas de capoeira e de samba, além da tradicional feira de orgânicos e produções artesanais que estimula a economia criativa da cidade ao reunir diversos segmentos da arte e da cultura local.

Durante todo o dia, haverá a feira com alimentos de qualidade, saudáveis e com preço justo. São legumes, verduras, frutas, compotas, cachaça orgânica, sementes e mudas de plantas diversas. Estarão disponíveis para a venda também outros produtos como livros e camisetas.

A programação cultural tem início às 10h com a oficina “Reverberações Corpóreas Trans - A Construção do Corpo extra cotidiano, para a Rua e para a Sala” com a atriz Melissa Campus. Interessados podem participar gratuitamente, sem necessidade de experiência prévia com artes cênicas, demonstrando interesse pela página do Feirão no Facebook, disponível no endereço facebook.com/movimentodosartistasderua.londrina/.
 
Às 11h, haverá o espetáculo de comédia circense “Mequetrefe Circo Show” com classificação indicativa livre e com coordenação do artista Gustavo Bertin. A comédia apresenta uma sequência de trapalhadas com o palhaço que tenta fazer bonito no show, como números de mágica, chicote, monociclo e malabarismo.

No período da tarde, ao meio dia, é a hora da apresentação da Roda de Capoeira Angola do grupo Ceca Londrina. Já às 13h, a dança do Grupo cultural Kaingang “Donos do Mato” da Aldeia Água Branca envolve o público. Na sequência, às 14h30, o Coletivo Quimera de teatro e circo apresenta o espetáculo “Estátuas Vivas”.

Encerrando o dia de atividades com música, a roda "Samba Origem" de apresenta às 15h30 no Canto do Marl. O repertório inclui clássicos do samba popular, como Jorge Aragão, Arlindo Cruz, Fundo de quintal, Dona Ivone Lara. O grupo tem dois anos de carreira, se apresentando semanalmente em bares, vilas e festas em Londrina e cidades vizinhas, como Cambé e Ibiporã.

Ao longo de todo o dia, os presentes poderão visitar a exposição audiovisual “Lugar de Vivências”. O trabalho é do Grupo de Trabalho em Comunicação e a Escola Popular de Fotografia e Cinema. O estudo procura compor uma memória coletiva a partir de relatos de pessoas que tiveram contato com a atual sede do Marl desde sua construção até hoje.

 

Foto: Divulgação

Acesso Fácil

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 3308 visitantes

Núcleo de Comunicação

Banner
Banner