Banner
   
Tamanho Texto

Busca

Ação educativa contra o excesso de velocidade parabeniza boa conduta de motoristas

Share

Além de fiscalizar os que abusam do acelerador, iniciativa valoriza comportamento dos que respeitam os limites de circulação

 

fiscalização.transito.ilustrativa.PNesta quinta-feira (17), a partir das 13h30, a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) dá sequência à ação educativa contra o excesso de velocidade em Londrina. Dessa vez, a iniciativa será desenvolvida na Avenida Garibaldi Deliberador, na região sul da cidade. O objetivo é fiscalizar os condutores e conscientizar sobre a importância do respeito aos limites de circulação. Nesta via, o limite de velocidade é 50 km/h.

Segundo o coordenador de Educação no Trânsito da CMTU, Carlos Eduardo Ribeiro, a atividade consiste em utilizar radares móveis para mensurar a aceleração do veículo e, a partir do resultado aferido, autuar ou parabenizar o motorista. “Nossa atuação visa estimular comportamentos positivos entre os agentes envolvidos na dinâmica viária. Por isso, queremos reconhecer e valorizar a boa conduta de quem trafega sem abusar da velocidade”, explicou.

Durante a ação, os condutores que estiveram acima do limite de velocidade serão multados, de acordo com o artigo 218 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). O texto diz que a infração, que varia entre média e gravíssima, deve ser punida em função do quanto acima do limite o motorista foi flagrado. Na última terça-feira (8), em ação de fiscalização similar na Avenida Arthur Thomas, 60 veículos foram registrados trafegando acima de 50 km/h. Estes condutores foram autuados.

Já os que estiverem com o velocímetro de acordo com a sinalização serão parados. Na abordagem, agentes da companhia farão a entrega de uma notificação – similar a um auto de infração, impressa diretamente no talonário eletrônico – com mensagens de incentivo pela prática.

Para Ribeiro, a medida é positiva porque engrandece atitudes que valorizam a vida no trânsito. “Estudos revelam que uma redução da velocidade na ordem dos 5% pode fazer cair seis vezes mais o número de acidentes. As pessoas têm recebido bem nossas abordagens porque entendem que, apesar de ser uma obrigação de cada condutor, respeitar a legislação em tempos de tanta violência nas ruas é, sim, algo digno de ser elogiado”, afirmou.

Além da ação educativa, que integra a programação do Maio Amarelo em Londrina, a fiscalização sobre o excesso de velocidade tem sido intensificada pela CMTU. O patrulhamento tem ocorrido em pontos simultâneos todos os dias, em diversas regiões da cidade, sobretudo nas vias de maior movimentação. Estas ações são realizadas em parceria com a Polícia Militar (PM) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Números do Placar do Trânsito revelam que exceder o limite da via em até 20% foi a infração mais cometida no município durante o primeiro quadrimestre de 2018, com 23.087 registros. Ultrapassar entre 20% e 50% foi a terceira infração no ranking, com 4.336 episódios.

Acesso Fácil

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 2453 visitantes

Núcleo de Comunicação

Banner
Banner