Banner
   
Tamanho Texto

Busca

Prefeito assina convênio do FEIPE com entidades do esporte

Share

feipe.assinatura.VP

Município destinou mais de R$ R$ 4,7 milhões para o Fundo somente este ano, o que representa um aumento de quase 55% em relação ao ano passado

 

feipe.assinatura.V2Na manhã desta segunda-feira (16), o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, assinou a homologação do convênio com as entidades executoras dos projetos esportivos através do Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (FEIPE). A solenidade foi no gabinete do prefeito, localizado no 2º andar da sede administrativa, na Avenida Duque de Caxias, Centro Cívico.

Ao todo, o Município destinou mais de R$ R$ 4,7 milhões para o FEIPE somente este ano, o que representa um aumento de quase 55% em relação ao ano passado, que foi de R$ 3,1 milhões. Desde o dia 15 de janeiro, as entidades interessadas puderam se inscrever em um dos programas disponíveis: De formação esportiva da juventude, com um montante de R$ 1.940.000,00; De incentivo ao desenvolvimento do esporte adulto, com repasses de até R$ 1.785.000,00; De apoio às ligas esportivas londrinenses, que receberão R$ 465.000,00; De esportes para pessoas com deficiência, somando-se R$ 225.000,00 e para o Programa de modalidades alternativas, que terá o repasse de R$ 375.000,00.

De acordo com o prefeito, o esporte promove a saúde e a vida, oportunizando à comunidade a inclusão social, o que já está comprovado em estudos e em municípios que investiram na prática esportiva para seus cidadãos, por isso a grande importância de se aumentar o repasse desses recursos financeiros. “É uma ação histórica do município de Londrina: os projetos, programas e ações aumentaram e o valor dos recursos quase dobraram, o que vai possibilitar que mais crianças e jovens das periferias possam participar das ações e desenvolver atividades esportivas. Com isso, Londrina está retomando a questão de alto rendimento, que leva de maneira positiva o nome da cidade para todo o Brasil”, disse Marcelo.

feipe.assinatura.V4A partir da homologação dos repasses, as entidades são comunicadas e firmam o vínculo com o Município. Por isso, a expectativa é que até o dia 19 de abril, elas comecem a receber a primeira parcela dos repasses. “O prefeito aumentou muito o repasse em comparação com o ano anterior. Isso é importante porque abre espaço para inúmeras equipes representarem a cidade nos Jogos da Juventude do Paraná (JOJUP’S) e em vários eventos esportivos. Além disso, elas precisam desenvolver projetos sociais nos bairros, o que permite um momento de lazer, educação e prevenção a doenças e à criminalidade”, explicou o presidente da FEL, Fernando Madureira.

O representante do Instituto Paranaense de Esporte e Cultura (IPEC), Wagner Lopes da Silva, explicou que no primeiro edital do FEIPE sua entidade foi contemplada com o repasse de recursos para as modalidades do atletismo juvenil e adulto e o kickboxing. Com o aumento dos repasses, feito por Marcelo, a entidade pôde investir mais em seus atletas, permitindo financiar passagens, hospedagens e inscrições em grandes campeonatos como o Campeonato Gymnasiade 2018, que acontecerá em setembro no Marrocos.

“Houve um aumento significativo no repasse. Ele praticamente quase dobrou o de anos anteriores. Isso significa um aumento em investimento esportivo, para podermos participar de mais competições representando Londrina e dando mais conforto para os atletas. Quanto mais se investe, mais a gente galga maiores resultados. Com o aumento do investimento do FEIPE, conseguimos classificar três atletas do atletismo para o Mundial do Gymnasiade”, ressaltou Silva.

As entidades esportivas podem investir o dinheiro do programa para a aquisição de equipamentos e acessórios esportivos, pagamento de atletas e da equipe técnica, viagens para torneios, inscrições em campeonatos e compra de uniformes. Além disso, elas precisam executar um projeto social para a comunidade, implantando e desenvolvendo um polo social, com o número mínimo exigido na modalidade pleiteada, de acordo com o edital.

feipe.assinatura.V3Entre as modalidades que receberão os incentivos financeiros estão: Atletismo, Beisebol, Badminton, Basquetebol, Ciclismo, Futebol, Futsal, Handebol, Judô, Karatê, Natação, Rugby, Voleibol, Taekwondo, Tênis de campo, Tênis de mesa, Vôlei de Praia, Voleibol e Xadrez.

O gerente regional da Superintendência Regional Norte do Paraná da Caixa Econômica Federal, Olides Millezi Júnior, também esteve presente na solenidade e falou enquanto representante da Caixa Ecôonômica e como atleta do tênis de mesa. “Há menos de três semanas tive a honra de ir disputar uma Copa Brasil em Concórdia e com muita alegria vi os atletas do ILECE jogando a modalidade de tênis de mesa paralímpica. Com o apoio do Município essas iniciativas cada vez mais serão fortificadas. Isso é uma tranquilidade a mais para quem pratica o esporte, melhora a qualidade de vida e resgata a cidadania”, disse.

Sobre o Feipe - O Fundo foi instituído em 6 de dezembro de 2002, pela Lei Municipal n° 8.985, com o intuito de incentivar a prática de esportes em Londrina. A finalidade é destinar recursos financeiros para o desenvolvimento de projetos esportivos de diversas modalidades, fomento o fortalecimento desta área na cidade.

As entidades interessadas em participar precisam necessariamente apresentar o Plano de Aplicação Geral (PAG). Ele servirá de guia ao Município para a fiscalização da execução das propostas apresentadas. Os documentos são analisados pela comissão técnica da Fundação de Esportes. As entidades habilitadas têm o convênio homologado pelo prefeito.  

feipe.assinatura.V5Uma vez firmada a parceria, ele é executado pela entidade durante o ano. Os recursos do Feipe são repassados em parcelas. A cada parcela o tomador presta contas da aplicação de recursos. Uma vez aprovada a prestação de contas, o recurso da parcela seguinte é disponibilizado. Os tomadores ficam responsáveis por representar Londrina em competições estaduais e nacionais e desenvolver a sua modalidade junto aos londrinenses durante a vigência da parceria.

O repasse por meio do FEIPE segue as normas estabelecidas na Lei Municipal nº 8.985\2002; o Decreto Municipal nº 331\2003; Lei Federal nº 13.019/2014 e alterações; o Decreto Municipal nº 1.210/2017; a Resolução TCE-PR nº 028\2011 e alterações; e as normas regimentais internas da Fundação de Esportes de Londrina (FEL).

Estiveram presentes na solenidade, o vereador Eduardo Tominaga, o gerente Regional da Superintendência Regional Norte do Paraná da Caixa Econômica Federal, Olides Millezi Júnior, entidades do esporte, secretariado municipal e representante da comunidade e do deputado federal, Alex Canziani.

 

Fotos: Vivian Honorato

Acesso Fácil

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 2989 visitantes