Banner
   
Tamanho Texto

Busca

CMTU registra quase 10 mil m² de sinalização viária em novembro

Share

pintura.viária.ARQUIVO.P

Atividades contemplaram todas as regiões da cidade, inclusive distrito da região sul

 

A Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) implantou 9.802 m² de sinalização viária em novembro. A marca é a terceira melhor registrada em 2017 e fica atrás apenas de julho, quando 15.556 m² ganharam nova pintura, e agosto, mês em que o rendimento foi de 9.924 m². No acumulado do ano já são 66.180 m² revitalizados, com média mensal de 6.016 m².

Dentre os principais locais atendidos está o distrito de Lerroville, na zona sul, que há muito tempo não contava com o serviço. Já nas avenidas Saul Elkind e Henrique Mansano, na região norte, importantes intervenções foram realizadas com o objetivo de conter a violência a viária, sobretudo contra pedestres.  

Na Saul houve a padronização de velocidade máxima permitida de circulação, que agora é fixada em 50 km/h. Ela e a Henrique Mansano receberam reforço nas faixas de pedestre e ganharam avisos sobre a presença de fiscalização eletrônica. Para tentar coibir os condutores mais apressados, desde o último dia 21 a CMTU intensificou as ações com radares móveis nos dois locais.

Avaliação - Segundo o diretor de Trânsito da CMTU, Hemerson Pacheco, o aumento na produtividade é atribuído ao acréscimo de um turno de trabalho para as equipes de sinalização. Desde o início do mês passado, os trabalhadores têm atuado de manhã, à tarde e também no período noturno. Além disso, foi concluída a manutenção iniciada em outubro no veículo utilizado no serviço. O caminhão de pintura passou a funcionar com capacidade máxima, o que elevou a capacidade de operação.

“As atividades estão ocorrendo em três turnos para melhorar as condições de tráfego em toda a cidade. Tenho estado nas ruas pessoalmente todos os dias para acompanhar os servidores e cobrar deles um bom desempenho. O pessoal entendeu a proposta e está realmente comprometido com o ofício”, afirmou o diretor.

Meios-fios - Também em novembro, a equipe de sinalização executou a pintura de meios-fios em 10.950 m², chegando à marca anual de 53.210 m². Se o saldo do trabalho for contabilizado em metros lineares, o volume chega a 262.854 m. Entre as vias que ganharam coloração branca nas guias estão as avenidas Dez de Dezembro, Tiradentes, Juscelino Kubitschek, Higienópolis, Rio Branco, Angelina Ricci Vezozzo e Giocondo Maturi, além das ruas Da Canoagem e Almeida Garret.

De acordo com Pacheco, o serviço é importante na promoção da mobilidade e da segurança. “A cor branca nos meios-fios facilita a visualização dos limites da via, principalmente à noite ou em situações de baixa visibilidade. Além disso, tem o bônus da questão estética, já que as ruas e avenidas ficam bem mais bonitas com as guias pintadas”, disse.

O diretor contou que, para o ano que vem, a meta é aumentar o rendimento mensal. A CMTU prepara a aquisição de um caminhão leve, de 4 cilindros e 130 cv, totalmente equipado com maquinário apropriado à pintura viária, no valor estimado de R$ 240 mil. O anúncio da compra foi feito no último dia 28 pelo diretor-presidente da companhia, Moacir Sgarioni, durante prestação de contas referente aos 11 primeiros meses dele à frente da instituição.

“Não dá para falarmos em incremento no serviço sem investimentos em maquinário e equipamentos. A atual gestão da companhia está de acordo com essa análise e está empenhada em resolver a questão. Com certeza há muito que fazer, mas podemos dizer que 2017 tem sido um tempo de conquistas. Nossa aposta é que 2018 seja ainda melhor”, declarou Pacheco.

Acesso Fácil

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 2709 visitantes