Banner
   
Tamanho Texto

Busca

CMTU revitaliza quase 10 mil m² de sinalização viária em agosto

Share

olhe.sinalize.foto cmtu.P

Trabalho foi realizado em diversos pontos da cidade; no acumulado do ano, 48.905 m² já foram contemplados

 

A Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) fechou o mês de agosto com saldo de 9.913 m² de sinalização viária revitalizados e a pintura de 40.930 metros lineares de meios-fios. O trabalho foi realizado em diversas regiões de Londrina, tanto na área central quanto nos bairros. Entre as principais intervenções estão a demarcação de vagas de estacionamento e guias-rebaixadas, marcas de canalização e de parada obrigatória, linha de proibição de estacionamento, faixas de pedestres, setas de direcionamento e legendas de alerta. No acumulado do ano, 48.905 m² já foram sinalizados e 219 mil metros de guias ganharam tintura na cor branca.

De acordo com o diretor de Trânsito da CMTU, Hemerson Pacheco, as atividades têm priorizado os pontos considerados críticos, com registros de acidentes e gargalos no fluxo de veículos e pedestres. “Além de medidas pontuais, nossa atuação sempre visa a melhoria do trânsito, trazendo mais segurança e mobilidade à dinâmica viária”, disse.

Dentro da perspectiva de dar atenção especial aos grandes corredores ao redor do município, a CMTU atendeu em agosto avenidas como a Prefeito Faria Lima, Duque de Caxias, Santos Dumont, Juscelino Kubitschek, Ayrton Senna, Garibaldi Deliberador, Madre Leônia Milito, Harry Prochet, Arthur Thomas, Saul Elkind e Inglaterra.

Locais como o Centro Cívico, as ruas no entorno do lago Igapó e trechos dos bairros Mister Thomas, Ideal, Antares, Califórnia, Conjunto do Café e Parigot de Souza também ganharam novas demarcações no asfalto. No Parque Ouro Branco, que recentemente comemorou 50 anos, a CMTU fez a restauração completa da sinalização em todas as ruas.

“Muitas áreas atendidas concentram alta circulação de pedestres e diversos estabelecimentos comerciais. Nossas intervenções nestes pontos vêm para forçar a redução da velocidade, disciplinar o fluxo e, claro, dar mais tranquilidade aos motoristas e a quem se locomove a pé”, afirmou Pacheco.

Semáforos - Além da rotina de sinalização viária, no mês passado a companhia fez a remoção dos semáforos no cruzamento da Harry Prochet com a PR-445, na região sul. Os equipamentos foram retirados porque, com a liberação do tráfego sob o viaduto da Waldemar Spranger pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), o movimento nas marginais da rodovia diminuiu consideravelmente. Os dispositivos foram realocados para outro trecho da via, na altura do conjunto Saltinho, e devem ser ativados assim que as obras de adaptação na estrutura do local forem finalizadas.

Outros pontos contemplados com semaforização em agosto foram os cruzamentos da avenida Presidente Castelo Branco com a rua Foz do Iguaçu, na zona oeste, e da Amapá com a Guaporé, área central. Neste trecho, os sinaleiros começaram a funcionar na última sexta-feira (8). Já na Castelo Branco a implantação e a instalação elétrica foram concluídas e os aparelhos encontram-se prontos para ativação, o que deve ocorrer até a semana que vem.

Reforço - Segundo Pacheco, a previsão é que a capacidade de atuação da companhia seja incrementada até o final do ano. Isso porque a diretoria de Trânsito finalizou o termo de referência para o lançamento da licitação que vai contratar uma terceirizada para somar no serviço de sinalização. A empresa deverá fornecer mão de obra, equipamentos e insumos que possibilitem a execução de 5 mil m² de pinturas por mês.

“Esperamos que a gente consiga o mais rápido possível fazer a contratação. A intenção é que a empresa vencedora da concorrência assine contrato e comece a trabalhar até o fim de 2017. Com a equipe própria da companhia e a terceirizada, aguardamos uma melhora significativa no atendimento às demandas”, adiantou o diretor.

Acesso Fácil

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 2856 visitantes