Banner
   
Tamanho Texto

Busca

E. M. Prof.ª Áurea Alvim Toffoli - Histórico

Share

HISTÓRICO DA INSTITUIÇÃO

A Prefeitura do Município de Londrina busca, incessantemente, por meio da Secretaria Municipal de Educação, um sistema educacional que seja adequado às reais necessidades da população, considerando como prioridade a criança e o adolescente. Tal preocupação tem fundamentado também, a direção dos investimentos públicos para uma ação social e educacional mais eficiente, que propicie melhores condições de participação da comunidade no processo de desenvolvimento do Município.

A Escola, embora não seja o único elemento transformador da realidade social, política e econômica, é um dos agentes que atua no processo e deve visar à formação de um homem livre, participante e crítico.  Portanto, o trabalho educacional da Rede Municipal de Ensino visa ao encaminhamento da criança para a autonomia - “o aprender fazendo”, o estabelecimento de relação solidária e cooperativa, favorecendo a integração grupal sempre com a presença do educador que, na orientação do processo, terá compromisso com uma prática coerente e transformadora.     

Com base nesses pressupostos, em 18 de outubro de 1990, foi iniciada a edificação da primeira “Escola Oficina” da Rede, num terreno de 4.609,67m2, com 1.202,25m2 de construção, nos Lotes 41-47 da Gleba Lindóia - Conjunto Habitacional José Maurício Barroso. Pelo Decreto Nº. 458, de 25 de outubro de 1991, foi criada e denominada como Escola Municipal “Professora Áurea Alvim Toffoli” - Ensino de Pré-escolar e de 1º Grau, contando com 05 salas de aula, 03 salas para o funcionamento de Oficinas, 01 biblioteca, além das salas de supervisão, de professores, diretoria, secretaria e demais dependências como: cozinha, refeitório, depósitos, área de serviço e sanitários.      

A “Escola Oficina”, que adota a metodologia da Educação pelo trabalho, é o local da criação e da construção, tanto de objetos quanto de saberes. Propõe o funcionamento de Oficinas de Aprendizagem e de Iniciação ao Trabalho, inicialmente assim organizadas:  Oficinas de Aprendizagem (Ensino Regular) - Pré-escola para alunos de 05 e 06 anos - Ensino de 1º Grau - de 1ª a 4ª série; Oficinas de Iniciação ao Trabalho - Eletricista - Encanador  - Jardinagem e Horticultura - Datilografia - Costura; Oficinas de Trabalho geradoras de Renda - Artesanato - Cozinha experimental - Reciclagem de lixo; Oficinas de Apoio - Oficina da Palavra - Biblioteca - Centro de Artes.

No dia 09 de março de 1992, foram iniciadas as atividades da Escola Municipal “Professora Áurea Alvim Toffoli”, sob a direção da professora Neide Alves Silva, com a supervisão pedagógica de Sonia Maria Millet dos Santos e com a Coordenação das oficinas da professora Patrícia Luz Pereira de Mello. Iniciou suas atividades com 325 alunos de pré a 4ª série e oferecendo seis oficinas: Arte, Artesanato, Costura, Cozinha Experimental, Biblioteca, Horticultura e Jardinagem, além da Sala de Jogos (lúdicos e educativos). 

Em 24 de março do mesmo ano, foi realizada a primeira assembleia com os pais, objetivando a formação da Associação de Pais e Mestres, sendo eleita a primeira diretoria com mandato de dois anos.

No ano de 2000, conforme Parecer 123/99, passou a funcionar como Escola Ciclada, organizada em dois ciclos, atendendo aos alunos do pré-escolar, primeira e segunda série no 1º ciclo e alunos de terceira e quarta séries no 2º ciclo, eliminando-se a reprovação entre as séries do mesmo ciclo.  A Escola funcionava com 12 Oficinas, sendo elas: Teatro, Artes, Musicalização, Artesanato, Datilografia, Jogos Estratégicos, Jogos Intelectivos, Cozinha Experimental, Religião, Ética Corporal, Filosofia e Imprensa. A diretora era a professora Marcia Cristina Zamaia Kikumoto e a Supervisora Pedagógica era a professora Orazília Maria França dos Anjos, tendo como Coordenadora das oficinas, a professora Rosemary Frioli Casagrande.      

No ano de 2006, visando atender a uma necessidade pedagógica e da comunidade, optou-se em funcionar com um ciclo de três anos e seriado para as demais séries. Com relação às oficinas, eram ofertadas nove, sendo elas: Musicalização, Arte, Educação Cristã, Cozinha Experimental, Teatro, Jogos estratégicos, Jogos, Artesanato e Criando e Recriando.  A diretora era a professora Maria Aparecida Manso Mostaço e a Supervisora Pedagógica era a professora Regina Conceição Fornazieri e a Coordenadora das oficinas, a professora Zulmira Tomaz de Aquino.      

No ano de 2009, foi implantado o Ensino Fundamental de 9 anos de forma gradual, passando nesse ano a oferecer o 1º ano de alfabetização. A escola funcionava em dois turnos diurnos com jornada de seis horas diárias. Durante o período de funcionamento, foi oferecido aos alunos quatro horas de escolaridade regular pela manhã no horário das 7h30 às 11h30 e no período da tarde das 13h30 às 17h30, sendo ainda oportunizado às crianças, frequentar das 11h30 às 13h30 duas horas de oficinas, sendo essas opcionais e conforme estabelecido pelo regimento escolar.  A diretora atual é a professora Maria Aparecida Manso Mostaço, as auxiliares de supervisão são as professoras Regina Conceição Fornazieri e Laura Verginia de Carvalho Ribeiro e a Coordenadora das oficinas, a professora Zulmira Tomaz de Aquino.  

NOSSA PATRONESSE

BIOGRAFIA DA PROFESSORA ÁUREA ALVIM TOFFOLI      

Nasceu em Bananal, Minas Gerais, em 31 de dezembro de 1943. Filha de Alberto de Oliveira Alvim e Maria Ambrósio Alvim. Cursou o 1º Grau, no Ginásio Padre Julio Maria, em Presidente Soares (MG) e o 2º Grau – Curso de Magistério, no Instituto de Educação Estadual de Londrina, formando-se em 1965.  Frequentou o curso de Licenciatura em Geografia, na Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras de Londrina, colando grau em 1969. Em 1981, concluiu Bacharelado, na mesma disciplina, na Universidade Estadual de Londrina. 

Foi nomeada professora da Rede Estadual de Ensino em 1967, para atuar na Escola Estadual Benjamin Constant, passando, no mesmo ano, para o Colégio Estadual Professor Vicente Rijo, onde exerceu funções na secretaria. Ainda em 1967, assumiu a secretaria do Colégio Londrinense. Foi professora e secretária no Colégio Estadual José Aloísio Aragão, de março de 1970 a fevereiro de 1971. No ano de 1971, passou a atuar como professora de Ensino Médio, na Escola Estadual Antonio de Moraes Barros - Ensino Regular e Supletivo de 1º Grau, onde permaneceu até 1984, quando se aposentou. No período de 1975 a 1978, foi professora no Instituto Politécnico de Londrina.  Na Universidade Estadual de Londrina, atuou como docente da disciplina de Didática Especial de Geografia, no ano de 1971. 

Casou-se em 18 de dezembro de 1971, com o Professor Cleber Toffoli. Teve dois filhos: Cleber Alvim Toffoli e Edson Alvim Toffoli. Faleceu em 28 de junho de 1990, em Londrina.

Voltar


Acesso Fácil

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 1608 visitantes