Banner
   
Tamanho Texto

Busca

topo2017 recursos humanos

Programa de Prevenção e Tratamento do Alcoolismo

Share

Regulamentação:


Decreto nº. 602 de 16 de outubro de 1998
Estabelece normas para prevenção e o tratamento do alcoolismo no âmbito da Administração Direta e Indireta do Município.


Grupos de Apoio a Servidores(as) Alcoolistas “Alcóolicos Anônimos”
Reuniões todas as segundas-feiras das 8h às 10h 

Grupo de Apoio a Familiares de Alcoolistas “AL-ANON”
Reuniões todas as terças-feiras das 8h às 10h


O que é Alcoolismo?
O alcoolismo é uma doença (síndrome de dependência do álcool) primária, crônica, com fatores genéticos, psicossociais e ambientais que influenciam em seu desenvolvimento e manifestação; é progressiva e, se não tratada fatal.

Por ser uma doença crônica, o alcoolismo, necessita de tratamento para o seu controle, pois não há cura, ou seja, o(a) alcoólico(a), mesmo estando em abstinência há muito tempo, não se torna apto(a) a ingerir bebida alcoólica de forma controlada. Manter-se em abstinência alcoólica, é fundamental para a sua recuperação e é seu grande desafio ao longo da vida.

Os prejuízos provocados pelo alcoolismo vão além da autodestruição do(a) alcoólico(a) pois o álcool é uma droga alteradora de comportamento, com conseqüências consideradas de grande gravidade, tornado-o um dos maiores problemas de saúde pública e sócio-econônico.


Efeitos danosos do Alcoolismo:

 1) Problemas Sociais:
Desajuste no lar, separação conjugal, perda do emprego, endividamento, irresponsabilidade no trabalho, acidentes, etc.

2) Problemas Psíquicos:
Empobrecimento da auto-imagem, perda da memória, problema de orientação temporal e espacial, demência, etc.

3) Doenças Físicas:
Hepatite, cirrose hepática, inflamação nos nervos dos braços e pernas, problemas do coração, da coordenação motora, impotência sexual, lesões cerebrais, etc.


Ações da PML:

Considerando que:

  • Aproximadamente 10% de uma população adulta é predisponente ao alcoolismo;
  • É crescente o consumo de bebida alcoólica na sociedade;


Alcoolismo =

  • Risco de acidentes de trabalho e de trânsito;
  • Comprometimento da saúde e qualidade de vida;
  • Atrasos e faltas ao trabalho;
  • A produtividade do(a) trabalhador(a) é comprometida.


A Prefeitura Municipal de Londrina implantou o Programa de Prevenção e Tratamento do Alcoolismo em 1993 e normatizou em 1998, através do Decreto 602/98, com objetivo de oportunizar ao servidor(a) condições de prevenção, tratamento e recuperação do alcoolismo, buscando melhor qualidade de vida, produtividade e segurança no trabalho.


Procedimentos:

  •  Informação geral sobre o alcoolismo a todos(as) servidores(as) municipais;
  • Avaliação e acompanhamento ambulatorial dos casos pela Equipe Técnica da DSO;
  • Encaminhamento para tratamento (internamento ou ambulatorial), utilizando a rede de servidores do Município e da Região;
  • Atenção à família do(a) servidor(a) para apoio e orientação quanto ao papel de cada um dos membros da família frente ao tratamento e recuperação do(a) alcoolista;
  • Orientação e envolvimento de chefias no processo de tratamento do(a) alcoolista;
  • Grupos de Apoio:

Acesso Fácil

Recursos Humanos

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 3055 visitantes

Servidor Municipal


Redes Sociais

Logo do Facebook  Logo do Flickr  Logo do Youtube  Logo do Twitter  icon instagran

 

 

ouvidoria rodape lon

 acesso a informacao rodape

icon interacao