História

A Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (SMAA) foi criada através de Lei Municipal nº 4.977 de 24/04/92, de autoria do vereador Carlos Eikiti Hirooka, denominada inicialmente como Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, tendo sido efetivamente implantada no primeiro ano de mandato do prefeito Luiz Eduardo Cheida em 1993, e nomeado o primeiro secretário Nilson Roberto Ladeia de Carvalho.
Neste mesmo ano, após uma Reforma Administrativa, através da Lei 5460 de 09/07/93, foi desvinculada dessa Secretaria as questões de Meio Ambiente, sendo então “recriada” como Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento, com as seguintes atribuições:


- Estabelecer e desenvolver projetos e programas visando a expansão da produção Agropecuária no Município;


- Fomentar a produção Agropecuária e apoiar o sistema de distribuição dos produtos agrícolas na Zona Urbana;


- Criar e Viabilizar mecanismos de apoio e sustentação aos produtores rurais;


- Definir e executar a política agrícola e de abastecimento para o Município.


No ano de 2002, a partir do Decreto 548 de 21/08/02, a Secretaria assumiu duas novas atribuições: a responsabilidade pela Conservação e Manutenção das Estradas Rurais de todo o município e também a administração dos oito Distritos e Patrimônios, incluindo as atividades administrativas das subprefeituras.


Sua equipe técnica é composta por Engenheiros Agrônomos, Técnico Agropecuário, Técnicos de Gestão Pública e Economista Doméstico.


A secretaria tem como missão promover o Desenvolvimento Rural e o Abastecimento, desenvolvendo Programas de base divididos em projetos com atuação abrangente no meio rural e também na zona urbana.


A sede administrativa da SMAA está localizada na rua da Natureza, 155, no Parque Arthur Thomas - Jardim Piza. A Secretaria mantém dois centros de operações e atividades, o Viveiro de Mudas, localizado no Conjunto Cafezal, em área cedida pelo IAPAR e o Setor de Estradas Rurais localizado no Jardim Acapulco com três pontos de apoio nos distritos de Guaravera, Lerroville e Irerê.


Imprimir   Email